Começando um negócio em casa: Você tem o que é preciso?

Compartilhar
|CompartilharTweet

Há uma tendência crescente entre as pessoas cansadas do estresse e das ansiedades do mundo dos negócios: criar uma empresa doméstica.

Começar um negócio em casa parece ter muitas vantagens. Sendo seu próprio patrão, definindo seu próprio horário de trabalho, trabalhando de bermuda e chinelos, a lista de vantagens continua.

Mas sabe dizer se você realmente tem o que é necessário para administrar seu próprio negócio em casa? Abaixo estão algumas coisas a considerar antes de responder a essa pergunta.

Um plano de negócios

Você tem uma ótima ideia para um negócio em casa. Você tem certeza de que vai funcionar e lhe dará uma boa vida, uma vez que o negócio decole.

No entanto, antes de começar a colocar a ideia em prática, você deve elaborar um plano de negócios.

Uma estatística muito divulgada é a quantidade de empresas que encerram suas atividades antes dos dois anos de existência.

O grande maior motivo apontado como responsável por esta estatística é a falta de planejamento.

Quando estamos no mundo das ideias, em nossa mente, tudo funciona perfeitamente bem. Você imagina criar um produto, mostrar ao mercado e os clientes irão se apaixonar instantaneamente, logo a empresa será um sucesso e irá faturar milhões.

Colocar essas ideias no papel de forma estruturada irá te ajudar a validar se sua ideia realmente tem potencial de virar um negócio lucrativo.

Analisar o mercado

O primeiro passo para iniciar o seu plano de negócio é analisar o mercado onde pretende atuar. Saber quem são os potenciais clientes, se eles teriam interesse em adquirir o seu produto, conhecer a fundo seus concorrentes e fornecedores.

Uma frase óbvia, mas que deveria estar em sua mente neste momento de desenvolvimento do seu plano: “sem cliente não existe negócio”.

Por isto é importante se dedicar na identificação do público-alvo, buscar informações sobre o que seu cliente deseja, quais são os maiores problemas e como seu produto pode ajudá-lo a resolver estes problemas.

Conheça seu cliente

Saber onde está o seu cliente é muito importante para planejar como seu produto chegará até ele e como ele chegará até sua empresa para comprar seu produto.

Estas informações podem ser conseguidas através de pesquisas. Na internet existem ótimas ferramentas, uma delas são os dados do Censo do IBGE que pode auxiliar com informações macros. Para aprofundar você pode aplicar questionários de pesquisa e entrevistar pessoas que seriam seu público alvo.

Você pode usar formulários gratuitos na internet e obter respostas através de grupos do Facebook onde as pessoas que você pretende vender estejam.

Por exemplo, se você deseja criar um negócio para vender instrumentos musicais, procure por grupos de discussão sobre teoria musical, ou grupos de dicas para quem deseja aprender a tocar algum instrumento.

Lá você deve colocar o link para o formulário de pesquisa e solicitar que as pessoas o preencham, em troca pelo preenchimento do formulário ofereça um e-book com dicas de teoria musical. Isso irá aumentar o número de pessoas dispostas a colaborar com sua pesquisa.

Estude seus fornecedores e concorrentes

Agora que você já tem todas as informações sobre seu cliente e sabe que ele deseja comprar seu produto, você deve procurar parceiros e entender melhor as regras desse mercado.

Muitos negócios não vendem seus produtos por não entender a dinâmica do mercado. Voltando ao exemplo de instrumentos musicais, imagine todos os seus concorrentes vendam um violão por R$ 500,00, via de regra, o cliente não vai pagar R$ 1.000,00 pelo mesmo produto sem nenhum diferencial.

Por isso, é importante entender quem são os seus concorrentes, quais produtos eles oferecem, qual a qualidade e quanto cobram pelos produtos.

Além disso, procure identificar quais são os pontos fortes e fracos dos seus concorrentes, assim você poderá criar estratégias para criar seus diferenciais em relação a eles.

Os fornecedores são de importância vital para qualquer negócio, identifique os preços, prazos e qualidade dos produtos oferecidos pelo fornecedor.

Procure identificar se são abertos a negociação, isso será importante no futuro quando seu negócio estiver crescendo e você precisar de maior volume.

Financiamento

Você tem dinheiro para começar seu negócio? Ou, você terá que solicitar um empréstimo para cobrir seus custos iniciais?

Um negócio necessita de basicamente dois tipos de recursos para funcionar o Capital Inicial e o Capital de Giro.

O Capital Inicial será necessário para você comprar as maquinas e equipamentos que serão necessários para a produção dos produtos, o estoque mínimo inicial dos produtos.

Se o seu negócio será um serviço, você precisará de ferramentas básicas, montagem do escritório de trabalho, e recursos de comunicação.

Além de cursos que você terá que fazer para conseguir tocar o negócio da maneira correta.

Nenhum de nós nasce sabendo tudo que é necessário para administrar um negócio e você pode aprender sozinho, mas irá gastar muito mais tempo além de cometer erros que poderão estragar completamente a imagem e sucesso da sua empresa.

O Capital de Giro é o que será usado para manter sua empresa funcionando ao longo dos meses, para pagar as contas recorrentes como internet, telefonia, energia elétrica, água e a reposição dos estoques e materiais.

De qualquer forma, você deverá identificar estes valores no seu plano de negócios, e você deve garantir que terá fundos suficientes para cobrir seus negócios por pelo menos aproximadamente seis meses.

Além disso, não se esqueça de algo muito importante, todas as suas despesas pessoais e familiares vão continuar neste período. Você precisa ter, também, recursos para manter suas contas em ordem durante um bom período, para não comprometer sua capacidade financeira e psicológica de tocar o negócio.

O espaço físico

Quer você tenha um escritório em casa, uma creche para cães ou um negócio de acabamento de móveis, você precisa ter o local apropriado para fazer negócios e conversar com os clientes e espaço para seu trabalho e estoques.

Se é um escritório que você precisa, um quarto extra pode ser bem adaptado, consiga uma mesa apropriada, mobiliário de escritório e computador.

Invista em mobiliários confortáveis e ergonômicos, você passará boa parte do seu dia neste lugar e não vai querer terminar o dia com dores. Dependendo do negócio, pode haver outros itens para os quais você precisará ajustar o espaço.

No outro extremo, uma creche de cães exigirá um quintal, canis, suprimentos e algum tipo de espaço de escritório para receber fazendo faturamento e outras tarefas administrativas.

Independente do negócio e do que você precisa, verifique se você tem espaço disponível para configurar o local corretamente para as suas necessidades.

A atitude

Para administrar um negócio em casa bem-sucedido, você deve ter consciência de que isso é um negócio e cabe a você mantê-lo em funcionamento e fazê-lo prosperar.

É importante ter uma rotina bem definida e ser disciplinado com ela, ter objetivos e principalmente bastante ética de trabalho para ser bem-sucedido.

Quando um cliente fecha um negócio com você e você promete entregar amanhã na parte da tarde, faça o que for preciso, mas entregue amanhã na parte da manhã.

Nenhum de nós gosta de trabalhar com empresas que não cumprem o que prometem. Então prometa apenas o que você será capas de cumprir e cumpra tudo que você prometer.

Além disso, o negócio não funcionará bem se você usar seu tempo de trabalho para assistir à TV ou sair com amigos.

Qualquer tempo disponível deve ser gasto pensando em maneiras de melhorar o seu negócio e trabalhar em novas técnicas de publicidade ou como vender mais.

Faça cursos, leia livros e aprimore suas capacidades, isso será crucial para seu negócio dar certo. Você é um empresário dono de um negócio, tenha a atitude de Dono e faça seu negócio acontecer.

Propaganda

Seu negócio em casa não pode prosperar se você não conseguir fazer as pessoas saberem que ele existe. Existem muitas oportunidades para fazer publicidade que terá sucesso e trará o resultado esperado para seu negócio.

Em alguns locais e alguns tipos de negócio podem fazer anúncios em jornais locais que possuem boa circulação, além de distribuição de folhetos, cartões de visita e outros recursos.

Porém já não existe forma de publicidade mais eficiente que colocar o seu negócio visível na internet.

O Facebook é uma ótima ferramenta de comunicação e, se usado da forma correta, pode te trazer muitos clientes para sua empresa. Use também outras redes sociais como Instagram, Twiter.

Descubra também como promover seu site e como fazer com que ele fique bem posicionado na pesquisa do Google. Entenda e aproveite todas as oportunidades disponíveis para promover o seu negócio.

Você é capaz de separar negócios da diversão?

Para ter sucesso, você precisa ser capaz de separar suas horas de trabalho de outras atividades de sua casa que irão tirar seu foco e jogar sua produtividade no chão, tarefas domésticas e TV ou videogames além de crianças barulhentas. Reserve horas de trabalho diárias e cumpra-as.

É claro que haverá momentos em que você precisará e poderá ser flexível, mas sua empresa funcionará sem problemas se você puder dedicar suas horas de trabalho apenas a ela.

Como você pode ver, há muitas coisas a considerar antes de decidir abrir um negócio em casa.

No entanto, com o plano certo, uma ótima atitude, um financiamento adequado, um escritório bem configurado e alguma publicidade, você terá o necessário para tornar o seu negócio em casa um sucesso!

Compartilhar
|CompartilharTweet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *